olho-ilha

2013

 

Instalação de luminoso com diâmetro de 80 cm e altura aproximada de 45 cm - Exposição ilha-não-ilha, Badesc. Neste trabalho tomo como referência uma imagem do fundo de um de meus olhos, sendo esta originalmente p/b. olho-ilha traz um jogo oscilante entre o órgão da visão e o imaginário que se tem sobre geografias insulares, percebendo/indagando em que medida um olho que contempla a paisagem pode passar a ser paisagem contemplada. Tal como uma luneta observada de fora para dentro no momento em que o marujo grita "terra à vista!", há o embate entre o que se vê e aquilo que se olha, pois o olho vira ilha e vice-versa.