Mapa do Meio

2008

 

Cartaz em dimensões variáveis. O trabalho faz parte do projeto (Des)localização do Meio que, em sítese, consiste em visitar lugares que possuem as palavras meio ou meia em seus nomes. O fato de realizar um mapa ligando as rotas percorridas, mas desfazendo seus arredores, aproxima-o formalmente a uma ilha, apresentando, desta maneira, uma cartografia móvel, instável, flutuante, à deriva. A ausência de referências devido a extinção do entorno trata em certa medida de uma geografia inventada.